terça-feira, 31 de agosto de 2010

ELEIÇÕES 2010 - NO PONTO DE VISTA DO CIENTISTA SOCIAL FÁBIO AUGUSTO MELO ASSUNÇÃO

Eleições 2010
Por Fábio Augusto Melo Assunção*

Tá. Eu sei, eu sei. Ninguém quer saber de eleições. Todo mundo está cansado em ver políticos corruptos, este assunto está desgastado, temos que nos virar sozinhos para garantir sobrevivência e segurança. Além disso, a saúde em vários municípios está sucateada, a educação não é mais àquela de 40, 50 anos atrás, e os conselhos estão degringolando. A mídia nos lembra diariamente de roubos de políticos, da falta de compromisso representativo, de falcatruas descabidas envolvendo pessoas de influência. Mas não adianta. Não há como discutir processos representativos, fortalecer a tal da democracia, emancipar o país sublinhando a cidadania, sem falar em política.

Costumo dizer para as pessoas que todo mundo é político. Que há uma enorme diferença entre político e politicagem. Que a segunda é a parte ruim da coisa, e que a primeira é o que fazemos diariamente. Lembro que realizamos política no menor espaço na nossa casa, quando perguntamos para nossos familiares como foi seu dia por exemplo. Eles nos contam, nós opinamos, e nos aproximamos dos entes. Lembro que quando nos deslocamos, nos mostramos políticos, cumprimentando ou não as pessoas, enfrentando um trânsito dinâmico e sintônico, indo para o trabalho. Nos momentos cotidianos somos sempre mostrados e vistos. Sendo assim, estabelecemos um diálogo. Frequente e incansável. Eu particularmente, denomino isso de política. O exercício do diálogo. Mas não somos educados a pensar na política assim. Sempre nos apontam a parte desgastada.

Apesar deste abismo entre definição e falsa prática da política, no que diz respeito à sua compreensão por parte de todos nós, ainda assim temos que votar de dois em dois anos. Votar para muitos é uma obrigação cívica. Não significa nada pois as políticas públicas não alcançam o cidadão. Mas não tem jeito. Nossa ultra-urna-moderna está lá nos esperando (algumas vão até ao nosso encontro).

Sinceramente, eu gosto de política – se nos embasarmos na definição do exercício dela. E também gosto de eleições. E nosso país realiza uma das maiores eleições de 4 em 4 anos. A de agora. A escolha é: Presidente, Senadores, e Deputados Federais, Estaduais e Distritais. É muita gente para nos representar. Infelizmente alguns contextos deste processo eleitoral ainda herdam métodos não democráticos de participação. É o caso da Propaganda Eleitoral Obrigatória. Conheço pessoas que adoram assisti-las. Não para observar o conteúdo das propostas dos candidatos, mas sim para rir de ideias mirabolantes e humorísticas para a conquista do voto.

De qualquer forma, as eleições iniciaram. E com elas mais uma chance do voto. Temos um histórico de votos no nosso país. Histórico de votos é na verdade histórico de acertos e erros. Participarei deste momento novamente, como fiz nas eleições anteriores. Sobretudo porque agora, para a Presidência da República temos três linhas que se parecem diferentes. A primeira do continuísmo do inchaço estatal, na matriz neoliberal econômica para não quebrar o Estado; a segunda, assumidamente liberal, com o discurso da primeira de 20 anos atrás; e a terceira, ideológica, com as sugestões de instituições cristãs transvestidas de preocupação ambiental. Todas se diferem de um jeito igual. Entretanto são diferentes pois se colocam num momento político completamente novo frente às eleições anteriores. O momento de um País que grita força sem saber se realmente a tem. Que chama o mundo para observar sua vontade de ser líder com sua exorbitante diferença social. Que recria processos eurocêntricos com roupagem latino-americana. Que emancipa de seu continente cada vez mais para se tornar um líder de referência em sucesso. Este é o Brasil de agora. E sendo este o momento, acredito que esta é uma das eleições mais importantes para o seu futuro. Não pela multiplicidade ideológica, mas pela aposta, pelo jogo que se está entrando. O jogo de colocar os brasileiros de uma vez por todas aos olhos do mundo, revelando suas forças e suas fragilidades. Apontando um projeto político de tentativa e erro. O que pode ocasionar numa assertividade ou num colapso social mais complexo envolvendo a comunidade internacional. Chegou a hora de deixar de fingir ser terceiro mundo - mesmo sendo - e nos posicionar como um país de influência. Qual será o preço disso? Como vamos resolver nossas vulnerabilidades sociais? Quem vai pagar a conta desta vez?

(*) Fábio Augusto Melo Assunção, 34, é Cientista Social, formado pela UNESP - Marília/SP. Tem interesses e experiência profissional como Sociólogo e Cientistas Social nas áreas: Filosofia, Política, Controle Social, Democracia Participativa, e-Gov, Interoperabilidade, Trabalho em Rede, Saúde na América Latina, Análise de Indicadores Sócio-econômicos, Sociologia e Meio Ambiente. Graduado pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas – Departamento de Sociologia da UNESP.

QUANDO A POLÍTICA GERA INTERESSES, SOBREVIVÊNCIA, EMPREGO E RENDA - OS ÂNIMOS FICAM ACIRRADOS

O Vereador Paulo de Ramiro(PP) em Fernando Pedroza representante de bases populares e zona rural de microfone em punho dá entrevista ao programa "Tribuna Livre" da FM local comandado por Daniel Pereira

Discussão sobre política geram agressões físicas na região central

Em Santana do Matos na sexta-feira, 27, por ocasião da visita de Lauro Maia, candidato a deputado estadual, apresentado e apoiado oficialmente pelo prefeito Assis da Padaria(PSB), despertou e aguçou a politização do povo santanense. Comentários fortes nos sites locais, evidências de descontentamento pelas fotos postadas ou omitidas nos Blogs da cidade e inexpressiva participação popular na passeata vista por todos desencadearam bate-boca, discussões e segura aí, deixa num deixa ... entre partidários. O mais comentado foi por ocasião da visita do candidato, acompanhado do prefeito ao hospital da cidade, onde um grupo bebia e discutiam política em um bar enfrente ao local. Acirrado os ânimos, pelas discussões contraditórias pela presença indesejável dos visitantes, dois militantes chegaram as vias de fato e que em tempo foi contornado pelos presentes.

Em Fernando Pedroza no sábado, 28, um fato mais grave ocorreu. Um vereador da cidade foi agredido fisicamente. Segundo populares e o próprio edil agredido Paulo de Ramiro(PP) declarou no domingo no programa de rádio local “Tribuna Livre” que “estava num bar conversando com amigos e correligionários quando foi surpreendido, agredido e ferido pelas costas pelo irmão do prefeito da cidade, conhecido o agressor pelo apelido de Conde”. Segundo as declarações o agressor já se encontrava com a polícia que prendeu o vereador levando-o para a delegacia em Angicos, já que a cidade não tem as mínimas condições de infra-estrutura de segurança para controle ou mesmo inibir comportamentos agressivos, citados por muitos como uma característica de algumas pessoas na cidade que agem e não são punidas ou mesmo a justiça protela ou faz vistas grossas sobre os registros policiais. O fato ocorrido em Fernando Pedroza, apesar de não ser divulgado pelos principais Sites e Blogs que divulgam a cidade toma corpo e tem repercussão em todo o Estado. O Ministério Público deve tomar conhecimento e analisar, verificando se há reincidências como agravantes que reprime e amordaça o povo de Fernando Pedroza ou por que outros órgãos responsáveis pela segurança do cidadão não se pronunciam ou tomam providências. O registro no BO feito em Angicos deve constar, um dado extremamente curioso, assim analiso, quando me disse o vereador Paulo de Ramiro por telefone: "estava na calçada do bar, sentado conversando sobre política quando chegou o presidente da câmara e  o Sr Conde que me agrediu pelas costas sem tempo de defesa, no mesmo instante o sargento de arma em punho e um soldado, me prendiam", disse o vereador Paulo de Ramiro. Um relato de um cidadão, de um parlamentar que merece atenção e que esclarecimentos são esperados e devidos a população pedrozense. Por telefone em contato com o vereador Magnos Alves(DEM), reconhecida liderança local por vários mandatos, assim sintetizou: "o parlamento de Fernando Pedroza foi ferido", disse o vereador Magnos.

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

VEREADORES EM MOSSORÓ EXTERNAM PREOCUPAÇÃO COM OS MAUS-TRATOS DE ANIMAIS NAS VAQUEJADAS

Alvamar (Superintendente do Ibama/RN - de camisa), presente na Audiência Pública em Mossoró, ouve os edis sobre o problema de maus-tratos dos bois nas vaquejadas: "encaminharei essa proposta, feita pelos vereadores de Mossoró, para que as autoridades do município não concedam licenças às vaquejadas, pois são de fato uma violência aos animais".

"Audiência pública em Mossoró esclarece informações falsas e levanta problema das vaquejadas no RN

Natal (25/08/10) – O Ibama continuará agindo rigorosamente dentro da lei e não abrirá exceções nem vai “dar jeitinho” quando o assunto foi criação ilegal e tráfico de animais silvestres. Essa foi a posição defendida pelo superintendente do Ibama no RN, Alvamar Costa de Queiroz, que participou nesta tarde de uma audiência pública na cidade de Mossoró. A audiência foi convocada pela Câmara Municipal como reação a informações falsas divulgadas pela imprensa local.

Segundo alguns jornais que se utilizaram de fontes não confiáveis, os animais apreendidos pelo escritório do Ibama em Mossoró estariam sendo vítimas de maus-tratos e apresentavam altas taxas de mortalidade – de 2,5 mil apreendidos nas últimas semanas 1,5 mil teriam perecido (sic). “Nada disso é verdade”, esclareceu o superintendente. Trazendo dados oficiais, informou que o Ibama em Mossoró recebeu entre apreensões e entregas voluntárias desde o início do ano, 851 animais, dos quais apenas 27 morreram.

Para os analistas ambientais do escritório de Mossoró a divulgação de dados falsos pode ser uma reação à eficiente parceria existente entre o Ibama e o novo pelotão da Polícia Militar Ambiental na cidade que, em apenas 6 meses intensificou as fiscalizações sobre cativeiros irregulares. A atuação de ambos os órgãos provocou uma reação inédita na população, que passou a entregar espontaneamente os animais para não ser penalizada. Esse novo comportamento teria descontentado os criadores locais, que temem perder seu plantel irregular.

Criadores insatisfeitos com a fiscalização
De fato, a maioria do público na audiência era formada por criadores insatisfeitos com a atuação fiscalizatória. Alguns vereadores mais exaltados também tentaram culpar o Ibama e pediram um “afrouxamento” da aplicação da lei pois ao segui-la a rigor o órgão estaria “ferindo a vida humana”. Tanto o comandante da PM Ambiental tenente João Almeida e o superintendente do Ibama rechaçaram essa possibilidade.

Ao final da audiência, atendendo a um pedido dos vereadores que se mostraram preocupados com os maus-tratos provocados aos bois nas vaquejadas, o superintendente do Ibama prontificou-se a levar essa demanda aos órgãos municipais de meio ambiente. Queiroz comprometeu-se a encaminhar essa proposta, feita pelos vereadores de Mossoró, para que as autoridades do município não concedam licenças às vaquejadas, pois são de fato uma violência aos animais.

“Já que a atuação do Ibama é supletiva e queremos fortalecer o Sistema Nacional de Meio Ambiente, vamos demandar aos demais órgãos ambientais este pleito da Câmara Municipal de Mossoró. Se o órgão municipal ou estadual se furtarem dessas atribuições estaremos respaldados pela solicitação dos vereadores e vamos tomar as medidas que a lei requer”, conclui o superintendente

Crime e penas:

Manter animais silvestres em cativeiro sem licença ou autorização do Ibama é crime, com penas de detenção de até um ano e multas de até R$ 5 mil reais por animal. Denúncias de animais em cativeiro podem ser feitas pelos seguintes telefones: Linha Verde do Ibama: 0800 61 8080; Escritório Regional de Mossoró: (84) 3317-3701; Superintendência do Ibama em Natal: (84) 3210-5840."

Airton De Grande
Ascom/Ibama/RN
Fotos: Walmir Alves

JOSÉ SERRA EM NATAL


José Serra define palanque no RN

José Serra em Natal
Foto:Ana Amaral/DN/D.A Press./D.A Press
Os aliados do candidato à Presidência da República, José Serra (PSDB), no Rio Grande do Norte, cumpriram agenda política com ele ontem, em Natal. Embora evitem vincular suas imagens às do candidato tucano, José Agripino Maia (DEM), que pleiteia vaga no Senado Federal e Rosalba Ciarlini (DEM), postulante ao cargo de governadora, percorreram as ruas da cidade ao lado de Serra em carro aberto e depois a pé e alegaram que a campanha deles é estadual, motivo para não falar do ex-governador de São Paulo em suas propagandas
eleitorais. Serra chegou em Natal às 15h e, entre outros compromissos fez caminhada e comício no bairro Alecrim. O candidato também recebeu do presidente do diretório estadual do PSDB, o deputado federal Rogério Marinho, uma carta com compromissos a serem cumpridos caso vença a eleição para presidente.

Serra chegou em Natal às 15h e foi recebido por militantes do PSDB e políticos aliados. Falou rapidamente com a imprensa sobre assuntos que julga prioridade no Rio Grande do Norte, como a construção de um Porto e a ferrovia Transnordestina. Antes da chegada de Serra, a candidata Rosalba Ciarlini afirmou que a queda dele nas pesquisas não irá interferir em sua campanha no estado. "Aqui o povo sabe separar bem as coisas. Estamos discutindo questões estaduais", declarou. Sobre o fato de não vincular o nome de Serra à campanha ao Senado, José Agripino disse que se tiver que vencer, será por seus méritos. "Não vou fazer como os outros candidatos que precisam de terceiros para fazer campanha. Vamos ganhar aqui por nossos próprios méritos. Serra é um grande candidato, mas nossa campanha é estadual", declarou.

Ao sair do aeroporto, Serra seguiu em carreata até a avenida Salgado Filho, próximo a igreja Universal do Reino de Deus, quando passou a andar pelas ruas da cidade em carro aberto. A grande movimentação de veículos adesivados e bandeiras chamou a atenção dos fiscais do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RN) que acompanharam todo o percurso e chegaram a recolher materiais de alguns militantes. A carreata pelas ruas provocou reações diversas na população. De um lado, a euforia dos aliados e militantes do PSDB e do outro, estresse de motoristas que ficaram presos no trânsito.

Fonte:Jusssara Correia

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

QUANDO OS OLHARES EXPRESSAM A ESPERANÇA

Dra Rosalba, Mônica Serra e Mãe - Olhares que falam por mil palavras

Esposa de Serra conquista voto feminino em Natal


Determinada a buscar os votos femininos para José Serra e garantir uma maior inserção nas famílias nordestinas, a psicóloga Mônica Serra, esposa do presidenciável começou hoje uma agenda de compromissos no Nordeste. Suas atividades incluem visitas a hospitais e ONGs, palestras para famílias e debates com mulheres da região, mostrando toda experiência de trabalhos sociais e voluntários que há anos ela desenvolve em São Paulo.

Nesta terça-feira (24), Monica Serra passou todo o dia em Natal-RN. Ela chegou pela manhã e logo foi recebida por uma equipe de mulheres coordenadas por Anita Maia (esposa do senador José Agripino), Sonia Faustino (esposa do Senador João Faustino) e Leya Marinho (esposa do deputado federal Rogério Marinho).

O grupo seguiu para uma visita ao Hospital da Liga Contra o Câncer, onde Monica Serra pode conversar com profissionais e pacientes sobre ações na área da saúde. Com o trabalho que desenvolve há anos voltado para prevenção do Câncer de Mama, ela deu uma verdadeira aula para mulheres usuárias da unidade. Em seguida recebeu homenagens da direção do Hospital pelas conquistas da unidade durante a gestão de José Serra como ministro da Saúde.

“Foi com o trabalho de José Serra como ministro da Saúde que o nosso Hospital da Liga Contra o Câncer recebeu equipamentos de última geração para diagnóstico e tratamento que permitiram que nós nos transformássemos num dos melhores centros de radiologia do país, conquistando prêmio qualidade hospitalar. O trabalho de Serra foi fundamental”, registrou o diretor geral do Hospital, Ricardo Curioso.

A agenda de Monica Serra prosseguiu com uma visita ao maior hospital pediátrico filantrópico do RN: o Hospital Varela Santiago, onde ela foi recebida pelo diretor Paulo Xavier. Mais uma vez agradecimentos direcionados a José Serra. “Serra foi o primeiro ministro da saúde a nos receber em Brasília, quando fomos buscar recursos para o Varela. E temos muito a agradeça-lo. Um homem que tem, de verdade, o compromisso com a saúde”, disse emocionado o diretor.

Monica Com Rosalba

Acompanhada da candidata ao governo do RN pelo DEM, Rosalba Ciarlini, Monica Serra conheceu as instalações do Hospital Infantil. Conversou com mães de crianças internadas, conversou com profissionais da saúde e destacou o trabalho que o marido José Serra fez e sua capacidade para fazer muito mais como presidente da República.

Psicóloga Mônica Serra
“Nós mulheres temos uma responsabilidade grande com o futuro e precisamos entregar a missão de governar nosso país nas mãos de uma pessoa competente como o Serra. Eu digo isso porque o conheço a mais de 40 anos e ele, além de ser um homem que mantém sua palavra, é um político diferente, pois não é de fazer promessas vazias. Ele mostra o que fez e como pode fazer muito mais”, destacou a esposa do presidenciável que em seguida recebeu das mãos de uma criança de nome José um presente.

Mônica e Rogério conversam com os presentes na LIGA

Depois do Varela Santiago, Monica Serra seguiu para uma palestra sobre o fortalecimento das famílias brasileiras, acompanhada do deputado federal Rogério Marinho, presidente estadual do PSDB RN.

No local falou sobre o voto consciente das mulheres, dos riscos das drogas e do flagelo do crack que vem tomando conta das famílias brasileiras e destacou que Serra vai fazer um governo voltado para as famílias do Brasil, com um olhar diferençado, inclusive ampliando a rede social criada por dona Ruth Cardoso, pois o problema da segurança no Brasil está ligado à educação, que por sua vez está ligado à família, que precisa de saúde e um presidente deve ter esse olhar sistêmico, “pois o país só se desenvolve de verdade quando as pessoas, as famílias, estão bem”, ressaltou.

SERRA EM NATAL

Hoje (25), José Serra vai a Natal. Chega às 14 horas e segue direto para o bairro do comércio mais popular da cidade para caminhar no meio do povo.

Fonte: AssCom Dep Rogério Marinho

AGENDA DO SENADOR DR JOANILSON 277 - QUARTAF-FEIRA 25/08


AGENDA DO SENADOR DR. JOANILSON 277 

QUARTA-FEIRA - 25 DE AGOSTO DE 2010

Manhã - Participa da programação do "Dia do Doador", na Apae (Natal)
Tarde - Visita ao Vale Dourado, zona Norte de Natal.
Noite - 19 horas: participa de encontro no Clube de Idosos do Quilômetro 6, zona Oeste de Natal.
20 horas: reunião com evangélicos no Vale do Planalto.




Dr Joanilson de Paula Rêgo
Senador - 277

AGENDA DO SENADOR JOSÉ AGRIPINO PARA ESTA QUARTA-FEIRA 25/08


25/08 AGENDA DO SENADOR JOSÉ AGRIPINO 252

Quarta-Feira 25/08

10h00 • Caminhada no bairro de Dix-Sept Rosado - Natal
14h00 • Recebe José Serra no Aeroporto Augusto Severo - Parnamirim
15h00 • Caminhada com José Serra no bairro do Alecrim - Natal
17h00 • Inauguração do Comitê Pró Serra - Natal
19h00 • Reunião com lideranças da área da Saúde - Natal
20h30 • Encontro com lideranças - Parnamirim

terça-feira, 24 de agosto de 2010

SUPERINTENDENTE DO IBAMA ALVAMAR COSTA DE QUEIROZ PARTICIPA DE AUDIÊNCIA PÚBLICA EM MOSSORÓ

Ibama vai à Câmara Municipal de Mossoró para desmistificar dados

O Superintendente do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) no RN, Alvamar Costa de Queiroz, participa amanhã, quarta-feira, dia 25/08, a partir das 10h, de uma audiência pública na Câmara Municipal de Mossoró para desmistificar dados falsos que circularam pela imprensa potiguar nas últimas semanas.

Segundo esses dados, a mortandade dos animais apreendidos pelo Ibama seria muito elevada, o que não corresponde à verdade.

A fim de esclarecer os fatos e torná-los públicos a toda a sociedade potiguar, o Ibama convida a imprensa para acompanhar a audiência, onde serão apresentados os dados corretos sobre a triagem de animais silvestres. Também serão apresentadas informações a respeito do risco à saúde humana pelo contato com animais silvestres, bem como os prejuízos à economia e ao meio ambiente pela retirada desses animais de seu hábitat.

A Câmara Municipal de Mossoró fica à rua Idalino de Oliveira, centro.

Airton De Grande

Ascom/Ibama/RN

VÔLEI MIRIM E JUVENIL DE SANTANA VENCEM ETAPA CLASSIFICATÓRIA PARA O JERN'S 2010

Jovens santanenses são as campeães da etapa classificatória realizada em Assu para o JERN'S 2010

Santanenses comemoram conquista no JERN'S 2010

Equipes de vôlei mirim e juvenil da Escola Aristófanes Fernandes conquistaram o título no “JERN’S – 2010”, na etapa classificatória que foi realizada em Assu.

Essas equipes, que são treinadas pelo professor Francisco de Assis Oliveira (Chiquinho) irão representar nossa cidade na etapa seguinte da competição, que acontecerá em Natal no mês de Setembro.

Fonte: Assis Braga
Jornal Cajarana

JIMENA MAVARRETE, A MISS MÉXICO É ELEITA MISS UNIVERSO 2010

Jimena Navarrete, a Miss México, reage após ser eleita Miss Universo 2010 em Las Vegas, 23 de agosto de 2010. REUTERS/Steve Marcus

Mexicana é eleita Miss Universo 2010

Jimena Navarrete, uma morena de 22 anos do México, foi eleita Miss Universo em Las Vegas nesta segunda-feira, no terceiro ano consecutivo de domínio latino-americano no concurso.

A segunda colocada foi a Miss Jamaica, Yendi Phillipps, enquanto a Miss Austrália, Jesinta Campbell, ficou com o terceiro lugar. A Miss Ucrânia, Anna Poslavska, foi a quarta classificada, à frente da Miss Filipinas, Venus Raj.

Navarrete, uma entusiasta da natureza de Guadalajara, revelou durante a competição que gostaria de trabalhar com mulheres que sofrem de distúrbios alimentares.

"Estudei nutrição e gostaria que todos entendessem que não se trata de aparência, mas de como você se sente por dentro", disse a morena de 1,75 metro, por meio de um intérprete. "E quando você se sente bem por dentro, você fica com a aparência bonita."

Ela se tornou a segunda mexicana a levar a coroa, depois de Lupita Jones em 1991. A Venezuela conquistou o título em 2008 e em 2009, mas surpreendentemente o país não passou da primeira etapa deste ano, quando foram escolhidas 15 entre 83 concorrentes.

Também foi eliminada na primeira etapa a Miss Estados Unidos Rima Fakih, muçulmana de descendência libanesa que recentemente se declarou contra a construção de uma mesquita próximo ao antigo local do World Trade Center.

Desde o início, o concurso foi uma disputa difícil entre México, Jamaica e as Filipinas, cujas concorrentes todas receberam notas altas nas etapas de traje de banho e vestidos de gala. Mas a Miss Filipinas bombou na etapa de perguntas, quando não conseguiu dar detalhes sobre seu maior erro e o que ela fez para consertá-lo.

A personalidade da Miss Jamaica, viciada confessa em adrenalina -- gosta de pular de penhascos e nadar com tubarões --, pode ter sido um pouco forte para os organizadores. Ela declarou veementemente ser contra a pena de morte, dizendo que apenas Deus tem o direito de tirar vidas.

A Miss México, com a ajuda de um intérprete, não teve problemas em responder a uma pergunta sobre os riscos da Internet para crianças.

A Miss Austrália, de 19 anos e a mais jovem das cinco finalistas, também foi direta na etapa de perguntas, dizendo que os governos não têm o direito de regulamentar as vestimentas religiosas de mulheres. Mas a Miss Ucrânia assumiu uma posição favorável às autoridades, apoiando os scanners de corpos em aeroportos, o quais permitem que se veja através das roupas.

O concurso, em sua 59a edição, foi apresentado pelo músico do rock Bret Michaels e a apresentadora de TV Natalie Morales, no Mandalay Bay Resort and Casino.

Fonte\: Los Angeles (Reuters) - (Reportagem de Dean Goodman

AGENDA JOSÉ AGRIPINO 252 - TERÇA-FEIRA 24/08 NATAL/RN


24/08 AGENDA JOSÉ AGRIPINO 252
Terça-Feira 24/08

09h00 • Reunião com Assessoria de Campanha - Natal
11h00 • Visita ao Hospital da Liga Norteriograndense contra o Câncer - Natal
14h00 • Gravação de Programa Eleitoral - Natal
16h30 • Caminhada no Loteamento José Sarney - Natal
19h00 • Palestra "O fortalecimento da família no Brasil" de Monica Serra - (Clube Albatroz) Natal

ROGÉRIO - O DEPUTADO DA EDUCAÇÃO CAMINHA COM O POVO NAS RUAS DE FERNANDO PEDROZA AO LADO DE DANIEL PEREIRA

Rogério com Daniel Pereira caminha em direção a praça pública de Fernando Pedroza

Rogério arrasta multidão em Fernando Pedroza

O deputado federal candidato à reeleição Rogério Marinho (PSDB-RN), encerrou sua agenda do sábado (22) na cidade de Fernando Pedroza. O deputado da educação foi recebido por uma multidão que o esperava  para juntos, percorrerem toda zona urbana do município.

O povo na praça solidário a Rogério
A receptividade pró Rogério foi organizada pelo presidente do diretório tucano municipal, Daniel Pereira (PSDB), assessor de campanha do deputado. “Rogério é um político exemplar, é nele que me inspiro para ser o melhor representante para minha cidade”, revelou Daniel, ex-candidato à prefeitura de Fernando Pedroza.

Os vereadores Francimário Araújo, Magnus Alves e Érica Mireli também participaram da festa. Rogério disse estar reconfortado com tanta energia e carinho recebido pela comunidade. “Saio daqui com a certeza que Fernando Pedroza não fará diferente de todo RN. É Rosalba, é Agripino, é Garibaldi e é Rogério Marinho para fazermos A Força da União no estado”, disse o líder do PSDB/RN.

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

NOVAS ELITES AO INVÉS DE REVANCHE FAZEM CURSOS DE APERFEIÇOAMENTO

“Novas elites

“Os atiradores de elite são os melhores, não podem falhar. A tropa de elite é formada pelos mais aptos e bem treinados. A elite acadêmica é o motor do progresso cientifico e tecnológico, a classe artística produz as obras que constroem a cultura nacional, a política governa o País. Cada elite profissional vale pela excelência de seus integrantes. Em qualquer lugar do mundo é uma honra, um objetivo de vida, estar entre os melhores no seu trabalho. Mas quando Lula fala, elite é sempre sinônimo de malvado e injusto, de inútil e explorador, de odiar os pobres e gostar de ver o povo passar fome. De maior inimiga da democracia. Que elite é essa? Não é a dos charutos e vinhos, das madames consumistas e filhos playboys, carros importados e amigos picaretas, dos coronéis rurais e urbanos, dos veteranos mamadores nas tetas do Estado. Esta está com Lula, o obedece no Congresso, financia suas campanhas, apóia seus programas econômicos e sociais. Seria até indelicado reclamar. As novas elites não nascem na academia, nem no empreendedorismo e nem no mercado produtivo. Como os militares, nos tempos da ditadura, elas estão em toda parte, mas agora vêm dos sindicatos e da militância, são gestores, investidores com o capital alheio, novos poderosos com acesso a verbas e programas. Elas não se baseiam em excelência ou competência profissionais, mas em fidelidade, ideologia e militância. Não é ilegal ou imoral ser dessa elite, só engorda. Mas a novidade da elite lulo-popular não acabou com a velha elite sarno-atrimonialista, juntou-se a ela nos privilégios. Lula não se contenta em multiplicar os pães e os peixes, multiplica as elites. Em 2020 teremos acabado com a pobreza, basta Dilma vencer. Com tantas elites, daqui a pouco vai nos faltar povo e não teremos mais a quem culpar pelo Brasil ainda não ser, mas só estar próximo, da perfeição - como o nosso sistema de saúde publica, nossos aeroportos e estradas. Os novos fumadores de charutos e bebedores de vinhos se juntam aos antigos inimigos e brindam à vitória do velho slogan de Zé Dirceu quando era líder estudantil. Ao povo no poder.”
Fonte: Nelson Motta

ADVOGADO E EMPRESÁRIO DEUSDETE GOMES MINISTRA PALESTRA SOBRE GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA


Deusdete Gomes ministra palestra sobre geração de emprego e renda

Ex-candidato a Prefeito de Angicos, ex-vereador, empresário e advogado Deusdete Gomes de Barros (PTB) ministrou nesta sexta-feira (20/agosto) uma palestra falando de sua história de vida, os obstáculos que enfrentou e o fruto de sua luta por geração de emprego e renda através da empresa de segurança Garra de sua propriedade onde emprega um significativo números de angicanos.

Aproximadamente 300 jovens acompanharam a palestra de Dr. Deusdete Gomes. O vereador Júnior de Chicola (PMDB) esteve presente ao evento.

sábado, 21 de agosto de 2010

ESCOLAS EM SANTANA DO MATOS RETOMAM AÇÕES EDUCATIVAS

Atividades físicas culturais são humus fertilizantes formadores de uma juventude sadia

Escola Osvágrio Rodrigues em Ação

A Escola Municipal Professor Osvágrio Rodrigues, na sexta-feira, 20/08, dirigida pelo professor Valdir Tomaz foi o local próprio e motivador para uma Gincana Cultural dentro do Projeto Folclore.

Verificou-se uma participação dinâmica de todas as turmas, demonstrando desempenho e garra nas provas escritas e de campo. Para resgatar a cultura nordestina houve várias apresentações na área de lazer, enquanto as salas de aula decoradas em cores vivas destacavam o tema, resgatando nossas origens.
Quadro mural com fotos antigas sinaliza uma didática resgatando valores históricos da cidade

O evento sinaliza uma nova fase na educação do município, o desempenho e animação dos jovens foi uma resposta positiva pela falta de ações, até então, nessa área. Objetivando resgatar a cultura e a memória do nosso povo, compreendendo nossas raízes como patrimônio histórico-cultural, necessário se faz divulgar  nossa região, resgatar valores e tentar formar cidadania para cada indivíduo com conceitos próprios de cultura e  desenvolvimento sustentável.

Oportunizando esses eventos com critérios didáticos, trabalhando a música, exercício com danças, valorização de trajes regionais, identificação e conhecimento de nossas comidas típicas, criatividades, adivinhações, lendas e exposição de fotos antigas de nossa cidade, valorização de nossos potenciais, de nossos artesãos, do ser humano e si, é o caminho para diminuir as mazelas expostas aos nossos jovens.

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

QUANDO SE PRIORIZA A EDUCAÇÃO A RESPOSTA SORRI COMO UM PRESENTE GUARDADO PARA O FUTURO

Alunos da Escola Maria Letícia (de Santana do Matos) sorridentes numa 6ª-feira diferente almoçando no Self-Service "Bom Apetite" em Natal

Alunos de Santana do Matos visitam locais históricos na capital

Nesta sexta, 20 de agosto, alunos de 3ª e 5ª séries da escola municipal Maria Letícia Damasceno e dos 1º, 2º e 3º anos da escola estadual Aristófanes Fernandes visitaram pontos turísticos e históricos em Natal.
Esses são os princípios básicos do vetor educativo: ações e iniciativas a serem tomadas pelos órgãos responsáveis. Alunos da rede municipal de Santana do Matos visitando a capital  

O professor Francisco Canindé de Assunção, diretor da Maria Letícia juntamente com a vice-diretora Elissandra; coordenador pedagógico Mário Sélio e as professoras Joana Darc, Clovilma, Conceição, Régia e Josefa Garcia acompanhavam a turma mirim.

Na programação para as crianças estava previsto visitação a Casa Câmara Cascudo, Forte dos Reis Magos e Aquário da Redinha, ao meio dia almoçaram no Restaurante “Bom Apetite”.

Educados -   uma resposta das oportunidades oferecidas - Alunos de Santana do Matos almoçando no Rstaurante "Bom Apetite" no Centro de Natal 

ESCOLA ESTADUAL ARISTÓFANES FERNANDES

A diretora Margarete Macedo da EEAF, juntamente com as coordenadoras pedagógicas Maria Ladjane e Daguia Barbosa mais os professores Assis Braga, Pacífico Fabiano, Clodoaldo Souza, Joana Darc e Simão Pedro era a equipe de docentes que acompanhou os alunos dos 1º, 2º e 3º anos da AF.

Diretora, coordenadoras, professores e alunos da EEAF visitando o Planetário em Parnamirim

Na programação do passeio para a EEAF, o almoço também foi no Restuarante "Bom Apetite" e visita ao Planetário em Parnamirim, Forte dos Reis Magos e o Aquário da Redinha.

ARTIGOS E CRÔNICAS - WALTER MEDEIROS

Em busca de um amigo


Vésperas do Natal, lembranças aflorando, vontade de rever amigos que fomos encontrando através dos anos. Amigos do Tirol, de quando moramos na Alberto Maranhão, em frente ao sítio onde hoje é o condomínio Jardim Tirol; da Praça Augusto Leite; do Externato Saturnino, onde fizemos o Admissão ao Ginásio em 1966; do Grupo Escolar Monsenhor Calazans Pinheiro, onde estudei em 1965; do Grupo Áurea Barros, do meu primário, em 1963/64, da Escola Industrial Federal do Rio Grande do Norte, onde estudamos de 1967 a 1970; da avenida Rafael Fernandes, onde moramos desde o tempo que se chamava Campo Santo, de 1965 a 1972; e de tantos outros lugares onde vivi, estudei, trabalhei.

Entre tantos, lembrei de um amigo cuja última vez que encontrei faz muitos anos, tocava num evento da Igreja do Candelária. Aí recorri à Internet, para reencontrá-lo. Ademaci Barbosa, músico, com dedicação extrema ao seu trabalho, à sua família e às comunidades, um missionário. Sempre conversamos muito, mas a geografia da cidade findou fazendo com que passássemos a nos encontrar muito esporadicamente. A Internet, no entanto, proporciona também a possibilidade de obtermos mais informações sobre as pessoas que se dispõem a divulgá-las. Assim fiquei sabendo que Ademaci nasceu em Ituiutaba, Minas Gerais e aos quatro anos veio para o Rio Grande do Norte, terra dos seus pais.

Morou na rua Benjamim Constrant, exatamente no período em que nos conhecemos, na convivência com o Professor Saturnino que, além de ensinar as matérias mostrava as atualidades nas revistas e jornais que sempre conduzia. Lembro dele também como marinheiro, que foi. Depois o encontrei como funcionário da EMSERV (Empresa de Serviços de Vigilância), em serviços administrativos. A EMSERV funcionava onde hoje é a Delegacia Regional do Trabalho e onde eu também trabalhava, coincidentemente, no escritório do Dr. Paulo Viveiros.

Em sua atividade artística, naquele tempo o meu amigo já procurava divulgar seu trabalho como compositor e foi até o Rio de Janeiro, mostrando suas músicas nas igrejas. Chegou a encontrar com Roberto Carlos, a quem entregou em mãos algumas de suas composições românticas. Fez na época um concurso do Bandern, passou e logo foi chamado para trabalhar na agencia de Patú, onde ficou três anos também trabalhando na igreja e fazendo missões nos povoados, sítio e fazendas. Depois foi transferido Macau onde também desenvolveu intensa atividade musical. Depois foi transferido para agencia de São Tomé, Ceará-Mirim (lembro que me chamou uma vez para ser jurado em um programa de auditório que promoveu no Ginásio Esportivo) e, finalmente, Natal.

Está também na Internet que Ademaci deixou o BANDERN para viver dedicado à fé, à música e às missões, formando a banda Arco-Ìris. Irrequieto, fez concurso para professor do estado, passou e foi lotado na escola Isabel Gondim, para lecionar Química, Educação Artística e Matemática. Na paróquia sagrada família ele assumiu as missas com a Pastoral da Música, dando aulas de música e cultivando grande amizade com o padre Campos, também compositor. Ele introduziu nas igrejas os ritmos dos instrumentos e teclado, onde antes só se usava órgão.

Quanta informação, não? E tem muito mais, se continuarmos a busca, o suficiente para entender melhor o ser humano humilde e digno com quem convivi naquele período de escola primária e anos vibrantes da adolescência. Tratou-se de uma leitura muito emocionante, rever as fotos e encontrar informações sobre o amigo de tantos momentos. Naturalmente fui buscar a forma de reencontrar pessoalmente aquele amigo. Ao final, o mais surpreendente e chocante: Ademaci Barbosa de Moura, que nasceu em 1951, morreu em março de 2006. Senti, então, uma sensação de perda muito grande; é como se tivesse perdido um irmão.

Walter Medeiros
Jornalista

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

AGENDA DO SENADOR JOSÉ AGRIPINO PARA SEXTA-FEIRA 20/08

Agenda do Senador José Agripino

Sexta-Feira 20/08

08h00 • Gravação de Programa Eleitoral

12h00 • Carreata de Francisco Dantas a Governador Dix-Sept Rosado.

NÃO SOFISMADOS SÃO OS ARGUMENTOS FORTES DE UM TRIBUNO

Senador Agripino com um grupo de estudantes no Club Albatroz

O DEM não foi contra a criação do Prouni

Ao contrário do que os adversários tentam espalhar por aí: os Democratas não foram contra a criação do Programa Universidade para Todos - o Prouni. O que ocorreu foi que, em outubro de 2004, o DEM se posicionou contra apenas à forma como o programa foi apresentado, por meio de medida provisória. Em nenhum momento o DEM questionou o conteúdo do programa. O partido tem consciência da importância de se estimular a educação no país.

Primeiro, o texto chegou ao Congresso por meio de Medida Provisória (MP). No entender dos advogados do então PFL, a MP não cumpria os critérios de urgência exigidos pela Constituição. Segundo, o partido questionou a forma como as escolas inscritas deixavam de pagar impostos para receber os alunos beneficiados. Ou seja, o partido quis saber de onde sairiam esses recursos e de que forma o bolso do cidadão brasileiro seria atingido.

O senador José Agripino rebate qualquer questionamento sobre o assunto. “Um senador que criou e aprovou, no Senado, o programa do Bolsa Aperfeiçoamento para facilitar o acesso do jovem ao mercado de trabalho, não pode ser contra o Prouni. É uma incoerência o que estão tentando passar para o eleitor. Aqui no RN, eu vou ajudar Rosalba, é na criação do Prouni estadual”, contesta.
Senador Agripino fala para universitários com argumentos convincentes de um tribuno 
Veja os argumentos contidos na ADI* 3314, perpetrada pelo DEM:

A MP 213/2004 “institui o Programa Universidade para Todos – PROUNI, regula atuação de entidades de assistência social no ensino superior, e dá outras providências”

1. Violação ao caput do art. 62 da Constituição Federal

A ADI alega que a urgência constitucional, solicitada em maio de 2004 e posteriormente retirada pelo presidente, não era justificada.

2. Incompetência legislativa da União Federal

De acordo com a Constituição, cabe à União estabelecer apenas normas gerais de educação nacional, não cabendo impor “regimes especiais e exigências específicas” sobre as instituições de ensino superior.

3. Inconstitucionalidade dos artigos 8º e 10º da MP n° 213/2004

A MP viola o “ordenamento constitucional” ao condicionar a isenção de IRPJ das instituições de ensino sem fins lucrativos à adesão ao ProUni. “Descabe isentar quem a Constituição, por meio de imunidade, retira expressamente da competência impositiva dos entes federativos”. Além disso, a MP deforma o conceito de entidade beneficente de assistência social, na medida em que as instituições ficam obrigadas a conceder a proporção de bolsas fixada pela MP para alcançarem tal condição. Por fim, o novo requisito não foi inserido por Lei Complementar, contrariando a Constituição.

4. Inconstitucionalidade do parágrafo único do artigo 2º da MP n° 213/2004

O beneficiário do ProUni deverá cumprir requisitos de desempenho acadêmico estabelecidos pelo MEC, sob pena de interrupção da bolsa. A MP delega indevidamente poderes ao MEC para impor, sem base legal, novas obrigações aos bolsistas e interferir na autonomia das universidades, assegurada pela Constituição.

5. Inconstitucionalidade do artigo 9º da MP n° 213/2004

A MP prevê uma série de penalidades sobre instituições que descumprirem itens específicos, como o descumprimento do percentual de bolsas determinado, ou em caso de falta grave. Porém, não define o que caracteriza uma falta grave. Além disso, “descabe a instrumento de nível regulamentar inovar ordem jurídica e impor deveres a serem observados pelas instituições de ensino aderentes ao ProUni...”

6. Inconstitucionalidade dos artigos 11º e 13º da MP n° 213/2004

Discriminação inaceitável: apenas as instituições participantes do ProUni poderão ter seus processos revistos e sua imunidade tributária restaurada. “Conceder reexame apenas a quem adere ao ProUni constitui demasia legislativa que não resiste aos princípios da isonomia”.

(*) ADI = Ação Direta de Inconstitucionalidade

A ÉTICA ENTRE O JOIO E O TRIGO PERMANECE COMO O MELHOR DOS FERTILIZANTES

Agenda de Dr. Joanilson, candidato ao Senado pelo PSDC, 277.

SEXTA-FEIRA - 20/08/2010

Manhã - Reunião com assessores
Tarde – Almoço com apoiadores no município de Poço Branco, ao meio-dia
Noite – Visita ao município de Olho D’água dos Borges

SÁBADO - 21/08/2010

Manhã e tarde - Gravação do programa eleitoral para rádio e TV
Noite - Reunião com apoiadores no bairro Planalto, em Natal, às 19 horas

DR. JOANILSON - SENADOR - 277 - PSDC

AÇÕES ADMINISTRATIVAS EM MUNICÍPIO ESTIMULA A POPULAÇÃO INTERAGIR COM O TRABALHO DO IBGE

Prefeitura lança campanha para apoiar Censo demográfico

A prefeitura de São José de Mipibu está lançando uma campanha educativa objetivando estimular que os habitantes da cidade participem do Censo demográfico que está sendo realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE).

A campanha surgiu depois que um recenseador compareceu à prefeitura expondo as dificuldades que tem enfrentado para realizar o trabalho. O recenseador disse que tem muitas casas com portas fechadas e, mais grave, muitos moradores se recusando a receber os recenseadores. “Tem um condomínio que só conseguimos acesso á menos da metade das casas. O restante dos moradores não quis nos receber, alegando temer assaltos”, contou o recenseador.

A partir daí a prefeitura está fazendo circular nota em carro de som, no site na internet e orientando a Secretaria Municipal de Educação a trabalhar nas escolas a conscientização da importância do Censo para o município. A prefeitura deverá fazer uso de todos os espaços públicos neste trabalho educativo, pois parte da premissa de que o Censo é determinante na definição dos orçamentos municipais.

Receitas como o Fundo de Participação dos Municípios, por exemplo, são calculadas a partir do contingente populacional. Uma contagem populacional que fique aquém da realidade do município poderá trazer sérios prejuízos aos cofres municipais, já tão sofridos em função da crise financeira, provocada pelas constantes quedas de receita das prefeituras brasileiras.
Fonte: João Maria Freire