quarta-feira, 29 de junho de 2011

CARRO É ENGOLIDO POR BURACO NO BAIRRO CANDELÁRIA EM NATAL


 
Internauta fotografou o carro por volta das 7h desta quarta-feira (29) (Foto: Juliana Lopes de Aguiar / VC no G1)
A motorista e uma amiga aguardavam o portão abrir totalmente quando de repente a pista cedeu e o carro desceu junto

Irmã de vítima relata acidente no bairro Candelária nesta quarta-feira (29).
Segundo o Corpo de Bombeiros, ninguém ficou ferido.

Um carro caiu em um buraco por volta das 3h45 desta quarta-feira (29), na Rua Raimundo Chaves, no bairro Candelária, em Natal, no Rio Grande do Norte. Minha irmã estava no carro com uma amiga e, quando chegou em casa e foi esperar o portão abrir, a pista cedeu e o carro desceu junto.

De dentro do carro, ela ligou para o Samu, mas teve que desligar a ligação porque começou a entrar lama e água e ela ficou com medo de ser soterrada. Então, ela começou a bater os pés no vidro e conseguiu sair do carro. Eu sou médica, estava de plantão e fui correndo quando ela me ligou. Providenciamos um isolamento e ligamos para registrar a ocorrência. Os bombeiros chegaram por volta das 7h.

Ali já tinha um buraco perto da calçada de mais ou menos um metro. Por sorte, não houve nenhuma vítima fatal nem as tubulações de gás se romperam.

Nota da redação: Segundo o Corpo de Bombeiros, uma equipe foi acionada às 6h40 desta quarta-feira (29). Ao chegar no local, o carro estava dentro do buraco e havia uma tubulação de gás exposta.

Os bombeiros retiraram o carro e algumas árvores na rua que ofereciam risco de queda. A empresa responsável pela tubulação de gás trabalhou para impedir o fluxo e, logo que o carro foi retirado, começaram a trabalhar no fechamento do buraco.

Segundo os bombeiros, as duas pessoas que estavam dentro do carro quebraram o vidro e conseguiram sair sem ferimentos.

Fonte: Juliana Lopes de Aguiar Internauta/G1 -  Natal, RN

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir